(85) 3262.2038

Blog

Dia Nacional do Trânsito: como promover a educação para o trânsito

dia nacional do trânsito

O dia 25 de setembro é o dia escolhido para celebrar em todo o país o Dia Nacional do Trânsito. Esta data remete a uma importante campanha de conscientização sobre o trânsito a fim de promover uma Educação nas vias, direção responsável e segurança para motoristas e pedestres.

Em escolas de todo o país, a data se faz presente muitas vezes no que se chama de “Semana do Trânsito”, em que os alunos realizam ações dentro e fora da sala de aula para fortalecer a ideia de que um trânsito seguro é bom para todos, não somente para quem está na direção dos veículos.

Você, professor(a), já se perguntou sobre o porquê de essa data existir?

Como surgiu o Dia Nacional do Trânsito?

O Dia Nacional do Trânsito foi criado há 26 anos, em 1997, em alusão à promulgação do novo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), que foi promulgado pelo então presidente Fernando Henrique Cardoso no dia 23 de setembro daquele ano.

O CTB trouxe algumas definições acerca da temática, como a explicação do que é de fato o trânsito. Segundo o CTB,

“Considera-se trânsito a utilização das vias por pessoas, veículos e animais, isolados ou em grupos, conduzidos ou não, para fins de circulação, parada, estacionamento e operação de carga ou descarga”.

O Código diz ainda que:

“O trânsito, em condições seguras, é um direito de todos e dever dos órgãos e entidades componentes do Sistema Nacional de Trânsito, a estes cabendo, no âmbito das respectivas competências, adotar as medidas destinadas a assegurar esse direito.”

Dessa forma, o novo código substituir leis para trânsito que não surtiam muito efeito e garantiam pouca segurança a usuários de veículos automotores e pedestres. O Dia Nacional do Trânsito, portanto, surge para lançar luz aos novos deveres e direitos do cidadão no que diz respeito ao trânsito.

Por que celebramos o Dia Nacional do Trânsito?

Como citado, o Dia Nacional do Trânsito surgiu junto à homologação do novo CTB, tendo, portanto, o objetivo de promover campanhas de conscientização e respeito às novas leis.

Naquela época, poucas eram as restrições e o cuidado que as pessoas tinham no trânsito. Como o novo código era mais rígido, era importante realizar ações que reforçassem suas normas, mas ao mesmo tempo as justificassem.

Neste dia ou, em muitos casos, durante toda a semana, são realizadas diversas ações referentes à temática justamente para oportunizar uma Educação para o trânsito mais assertiva.

Dentre as ações, podemos listar:

  • incentivo de atenção à sinalização;
  • incentivo ao respeito às normas de velocidade máxima permitida;
  • atendimento a vítimas envolvidas em acidentes no trânsito;
  • conscientização sobre o uso do cinto de segurança, capacete e outros aparelhos de segurança;
  • alerta quanto ao consumo de álcool antes de dirigir.

Escolas particulares e públicas realizam ações e gincanas até mesmo fora da escola, na comunidade, para construir um ambiente de conscientização para o trânsito.

Educação para o trânsito nas escolas

livros da coleção construindo valores no trânsito

A Educação para o trânsito nas escolas não necessariamente precisa ocorrer apenas na semana do Dia Nacional para o Trânsito. Ela pode, portanto, ser um tema a ser trabalhando durante todo o ano, em projetos suplementares.

Foi pensando justamente nessa necessidade de se promover a Educação para o trânsito de forma constante que as Edições IPDH criaram a coleção Construindo Valores no Trânsito.

Composta por livros didáticos e paradidáticos, a Coleção corresponde à necessidade das redes municipais de ensino que busca inserir a Educação para o trânsito em seu currículo.

Com os materiais, professores a alunos podem interagir com os conteúdos e aprender termos e normas de forma simplificada. Assim, criamos um pleno ambiente para mudanças de comportamento.

A Coleção é apresenta dois livros didáticos: um direcionado para alunos do Ensino Fundamental – Anos Iniciais; e outro para alunos dos Anos Finais. A coleção paradidática, por sua vez, é destinada a Educação Infantil.

São cinco obras que tratam, de forma lúdica, de temas ligados ao trânsito. Por usar linguagem simples, personagens diversos e ilustrações atrativas, elas aproximam a temática dos alunos.

Dessa forma, a criança já inicia seus estudos entendendo o que é trânsito e passa boa parte da sua vida escolar estudando o tema. Dessa maneira, formamos um cidadão consciente do seu lugar na sociedade desde cedo.

Você pode conhecer melhor os livros, visitando a página Coleção Construindo Valores no Trânsito.